Desfralde Parte 1

*imagem tirada do site www.guiamamae.com

It’s a long time ago…but achei legal escrever sobre o desfralde da Isa, pois nem todo desfralde é difícil e complicado.

Quando ela estava com 1 ano e meio  mais ou menos, ela começou a se incomodar com as fraldas e a hora da troca era o verdadeiro caos, então resolvi começar os preparativos para o desfralde e sempre levava ela, mesmo de fralda, até o vaso sanitário e simulava que ela estava fazendo xixi, ao mesmo tempo, sempre antes do banho a colocava no vaso para ela fazer xixi. Lógico que ela não fazia, mas já ia se acostumando.

Logo que o calor começou a aparecer, comprei o penico e algumas vezes por dia tirava a fralda dela para que começasse a tentar fazer xixi, mas ela não se adaptou ao penico, tinha medo, o que já não acontecia no vaso, então comprei o redutor de assento e fazia o mesmo procedimento.

A Isa é de fevereiro então no final de novembro, antes dela completar 2 anos, já comecei a deixa-la sem fralda durante o dia e a levava a cada meia hora ao vaso para que fizesse xixi. Deu super certo, quase não teve escapes. Uma vez ela fez na calça de propósito e eu a deixei molhada por algum tempo e ela nunca mais repetiu.

Quando começou a ir por conta própria ao banheiro, comprei um banquinho (já que não tinha redutor com escada na época) e ela mesma ia, tanto para xixi quanto para coco.

Mesmo com toda essa independência, ela ainda dormia de fralda, até que um dia…foi muito engraçado. Ela já estava no berço dormindo, de repente ela levantou, foi ao banheiro e tirou a fralda pra fazer xixi. Deixei e logo depois fui colocar a fralda e ela me disse não, ok né? Fui dormir apreensiva mas ela nunca fez xixi na cama.

Claro que teve que ter uma parceria com os pais pois ela tomava mamadeira antes de dormir, e para uma criança tão pequena não seria nada fácil segurar tanto tempo a bexiga assim. Na época ela dormia por volta das 20:30 e mamava as 03:00 novamente. Então colocava ela pra fazer xixi antes de dormir e dava a mamadeira; por volta das 22/23:00, quando eu ia dormir, levava ela, mesmo dormindo novamente e quando o pai ia dormir de madrugada também a levava.

Uma técnica que funcionou totalmente para mim, vi no programa da Jo Frost (supernanny). Ela diz que você pode levar a criança mesmo dormindo, ao vaso e pedir para que ela faça xixi pra você. Eu sempre dizia: “Faz xixi pra mamãe filha”. As vezes demorava alguns segundos mas ela fazia. Depois era berço e pronto.

Antes dos dois anos a Isabelle já não usava mais fraldas e não tinha escapes ou acidentes de percurso. Lógico que quando surgia um “mãe quero fazer xixi” tinha que sair correndo procurar um banheiro, pois eles demoram um pouco para aprender a avisar com certa antecedência e quando a vontade vem é tão repentina que eles quase nunca tem tempo de segurar.

Cada criança é uma e sempre precisamos estar juntos e incentiva-los. A Isa sempre foi muito independente e, hoje com o Pedro Henrique, percebo como foi fácil lidar com as fases dela. Apesar de, na época, eu achar difícil essa correria toda, hoje vejo quanto foi fácil, pois estou sofrendo bastante com o desfralde do Pedro Henrique, mas isso é assunto para outro post.

Portanto mamães, percebam os pontos fortes e a época certa do seu bebê e comece o processo de desfralde. Eles vão indicar quando não estão mais gostando das fraldas e preparem incentivos e brincadeiras para quando acertarem, isso ajuda muito no processo.

#experienciademae